.post-body img { width: 500px!important; height: auto!important; }

terça-feira, 19 de novembro de 2013

A BRITÂNICA ALEXANDRA SHULMAN - VOGUE INGLESA

OI AMADAS, AMADOS E AFINS...

ESPERO QUE O DIA DE TODOS ESTEJA UM GRANDE DIA...BEM, PREFIRO RESGUARDAR MINHAS PALAVRAS HOJE, ESTOU BEM, MAS NÃO TANTO QUANTO DEVERIA!

HOJE, ALEXANDRA SHULMAN - VOGUE INGLESA



 - NASCIDA EM 1958, FILHA DO FALECIDO CRÍTICO DE TEATRO MILTON SHULMAN E DA ESCRITORA BEYFUS DRUSILLA (ESQUISITO O NOME NÉ?), SUA MÃE FOI TRABALHAR DUAS SEMANAS APÓS O PARTO DE ALEXANDRA.
- TEM DOIS IRMÃOS, JASON E NICOLA, A IRMÃ CASOU-SE COM UM MARQUÊS E O IRMÃO FOI DIRETOR DE ARTE PARA REVISTAS, HOJE TORNOU-SE ESCULTOR. (FAMÍLIA DE ARTISTAS GENTE!)


- TENDO OS PAIS JORNALISTAS, ALEXANDRA PENSOU EM SER CABELEREIRA OU TABALHAR COM MUSICA - NA MUSICA ATÉ TENTOU MAS SEM MUITOS FRUTOS.
- MOROU EM BELGRAVIA QUANDO PEQUENA ONDE ESTUDOU NA ESCOLA MENINAS DE SÃO PAULO, MAS FOI EM SUSSEX QUE CURSOU ANTROPOLOGIA SOCIAL NA UNIVERSIDADE.
- SEUS ÍDOLOS NÃO ERAM LIGADOS A MODA E SIM, A MUSICA COMO PATTI SMITHS, JONI MITCHELL E CARLY SIMON. MAS NUNCA SE INTERESSOU SE USAVAM CHANEL OU NÃO.
- CASOU-SE EM 1994 COM PAUL PICO, ESCRITOR COM QUEM TEVE UM FILHO, SAMUEL ROBERTS, HOJE DIVORCIADA DO ENTÃO MARIDO.
- VIVE NO PARQUE DA RAINHA EM LONDRES.
- SEU HOBBY EM HORAS DE LAZER SÃO A MUSICA, O TÊNIS E A LEITURA DE FICÇÃO.
- A CARREIRA EM JORNALISMO DE MODA COMEÇOU EM 1982 EM "THE TATLER" E POSTERIORMENTE EM "THE SUNDAY TELEGRAPH" , A "VOGUE" VEIO EM 1990 ENTRANDO COMO EDITORA CHEFE NO ANO DE 92. ALGUNS CRÍTICOS NÃO FORAM A FAVOR DE SUA ESCOLHA PARA O CARGO, ACHANDO-A INEXPERIENTE NO ASPECTO FASHION, QUE ELA NÃO TINHA UM OLHAR DE EDITORA DE MODA PARA A REVISTA EM QUESTÃO E NEM SE ARRUMAVA DE ACORDO. E ELA NÃO TINHA MESMO, CAIU DE PÁRA-QUEDAS ASSIM COMO NOSSA DANI FALCÃO QUE PREZAVA MAIS O INTELECTO DO QUE OS ASSUNTOS DESSE UNIVERSO GLAMUROSO.


- CONTRADIZENDO A TUDO E A TODOS, É A MAIS ANTIGA NA VOGUE BRITÂNICA.
- COM ALGUMAS CIRCUNSTÂNCIAS MEBLEMÁTICAS NA CARREIRA, NÃO É DE ACORDO A COLOCAR CELEBRIDADES NA CAPA DEVIDO A BUROCRACIA QUE SE DEVE TER PARA ISSO. ACHA OFENSIVO.
- TAMBÉM NÃO FAZ APOLOGIAS A DIETAS E CIRURGIAS PLÁSTICAS, DIZ QUE A PESSOA DEVE SER SUA ESSÊNCIA, NÃO QUER RÓTULOS E NEM DIZER QUE PADRÃO SE DEVE SEGUIR.
- SENDO EDITORA, SHULMAN TOMA MUITAS DECISÕES QUANTO A POSTURA DA REVISTA. JÁ FEZ ALGUMAS CAPAS POLÊMICAS COMO A DA EDIÇÃO MILLENIUM EM 1999, APRESENTANDO UMA CAPA SIMPLES PARECENDO UM ESPELHO O QUAL CONVIDAVA O LEITOR A ESTAR ALI NA CAPA AO OLHAR A REVISTA. FOI ACLAMADA POR ESSA ATITUDE MAS TAMBÉM MUITO CRITICADA QUANDO NO INÍCIO DA DÉCADA DE 90 COLOCOU UMA KATE MOSS COM CORPO ESBELTO - ATÉ DEMAIS! -ENTITULADA DE "HEROÍNA CHIQUE" COMO SE AQUELA FORMA DE CORPO E VIDA FOSSEM PARTE DE UM UNIVERSO SAUDÁVEL-  (TENHO UM POUQUINHO DE BIRRA DA KATE GENTE!! JUSTAMENTE POR SUA FASE EXCESSIVA DE DROGAS). QUE ÓTIMO QUE ELA SAIU DESSA E DERAM 500 MIL OPORTUNIDADES A ELA PORQUE ATÉ HOJE TENHO UMA IMAGEM DETURPADA DA MODEL EM QUESTÃO!) - É COMO SE SHULMAN ESTIVESSE COLABORANDO PARA A ANOREXIA, DOENÇA TÃO PRESENTE NA VIDA DAS MODELOS QUE ENTROU EM SÉRIA DISCUSSÃO DE UNS TEMPOS PRA CÁ.
- HOJE, ALEXANDRA ESTÁ MAIS FLEXÍVEL, ENTENDE QUE ESSAS QUESTÕES LEVANTAM MUITOS RUMORES, E QUE ANOREXIA É UM PROBLEMA GRAVE, A PARTIR DISSO PASSOU A FAZER ESCOLHAS MAIS CURVILÍNEAS PARA SEUS EDITORIAIS DESDE 2005.
- UMA CAPA PELA QUAL FOI MUITO APLAUDIDA FOI IN MEMORIA A PRINCESA DIANA EM 1997, FOTOGRAFADA POR PATRICK DEMARCHELIER EM UM VESTIDO VERMELHO.

 
- SOBRE SEU TRABALHO DIZ QUE É UMA PESSOA DOMINADA POR ELE E NÃO APENAS FASCINADA.
- JÁ PUBLICOU UM LIVRO EM 2012, UM ROMANCE "AINDA PODEMOS SER AMIGOS" PELA EDITORA FIGUEIRAS.
- FOI COLUNISTA DE JORNAIS IMPORTANTES EM 2006 A 2009.
- EM FEVEREIRO DE 2013 FOI AVALIADA COMO UMA DAS 100 MULHERES MAIS PODEROSAS DO REINO UNIDO.
SUAS PALAVRAS EM ENTREVISTA AO JORNAL "TELEGRAPH" EM 2004 :
" DEIXANDO DE LADO OS CRITÉRIOS ÓBVIOS DE BELA E FINA MAS UMA ALMA LIVRE, MAIS DO QUE MUITAS POR AÍ DESFILANDO EM VESTIDOS DE NOITE DE SEGUNDA MÃO, SOU UMA EMPRESÁRIA DE 47 ANOS E JORNALISTAS E MINHAS FOTOS CONTAM ESSA HISTÓRIA."
 
VOGUE EDIÇÃO MILLENIUM
 
 
VOGUE DE 1997 IN MEMORIAM A PRINCESA DIANA
 
 
KATE MOSS EM TANTAS PUBLICAÇÕES DA VOGUE INGLESA
 
 
DESCULPEM...SÓ NÃO ACHEI A CAPA QUE QUERIA DA KATE MOSS!
ESPERO QUE TENHAM GOSTADO DESSA MOÇA TÃO INTERESSANTE!
ELA NÃO VEIO AO MUNDO A PASSEIO!
BEIJOS E MAIS BEIJOS!

13 comentários:

  1. Adoro essa tag!Cris! Bota interessante em Alexandra Shulman!

    bjs!

    ResponderExcluir
  2. Cris, não conhecia a Alexandra, mas gostei de sua história. A capa com Diana está linda! Não sei o que foi que aconteceu com você, mas seja lá o que for, espero que passe rapidamente. Mas quem foi que disse que estar bem tem que ser uma regra? Tem dia em que a gente simplesmente não está bem e pronto! Beijo querida, e outro na família....
    Denise - dojeitode.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Pra gente ver que às vezes a vida nos prepara pra fazer uma coisa, e depois acabamos noutra,completamente diferente..eu sou formada em Direito com especialização na área criminal,rssss....

    ResponderExcluir
  4. Olá Cris

    Ela parece bem polemica. Acho que nunca comprei a Vogue britânica. Fica para a próxima viagem.

    AMIGA DAMODA by Kinha

    ResponderExcluir
  5. Oi Cris,
    Gostei da Alexandra, acho que precisamos de mais pessoas assim no mundo da moda.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Que legal a Alexandra se manter há tanto tempo na revista, mesmo contra tudo e contra todos.


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  7. Oi Cris.
    Que bacana!
    Adorei saber um pouco mais e também algumas curiosidades sobre o trabalho dela.
    Beijão, ótima quarta.
    Tem postagem novinha no A Moda In Foco
    Confere!

    ResponderExcluir
  8. É sempre bom conhecer algo mais das pessoas, te desejo uma boa tarde, bjs, Ana ;).

    ResponderExcluir
  9. Oi Cris,
    Que legal a trajetória da Alexandra, jovem,bonita, bem relacionada e inteligente.Gostei.
    Um beijo para vc!

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Oi Cris,
    Obrigada pelo convite, tô adorando conhecer o seu blog.
    Gostei de conhecer um pouco da historia desta mulher, que soube muito bem impor o seu jeito de ser, e isso é coisa de gente com personalidade forte, e é muito bom conhecer pessoas assim, amei!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  12. Oi Cris,
    Eu me lembro dessa situação da Kate Moss.
    Veio determinada mesmo.
    Esse capa com a Lady Di é linda mesmo.

    Obrigada!!!
    Que esteja bem!
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Amiga, tudo o que nos convida a nos olhar mais profundamente (ou mesmo que seja superficialmente também) é importante e relevante, penso assim.
    Por isso, parei pra ler a parte em que você comenta que ela criou uma capa parecida com espelho. Autêntico e corajoso da parte dela - palmas pra ela!!!
    Mas também atentei para a questão de sua opção por modelos muito magras para estampar as revistas. Ainda bem que ela reviu esse padrão porque querendo ou não, direta ou indiretamente, estaria mesmo fazendo apologia à anorexia, por exemplo.
    Com veículos públicos, como revistas, todo o cuidado é pouco, não é mesmo?
    Essa capa da Lady Di é a própria tradução dela mesma, não é? Linda!
    Bjs e belíssimo post!

    ResponderExcluir

Preciosas e preciosos visitantes, saibam desde já que amei seu comentário, e espero que voltem sempre!!
Me traz muita alegria pessoas que acrescentam ao meu cantinho palavras sinceras e amigas, é isso que procuramos, gente do bem!
Por favor, não usem de ofensas, nem falta de educação. Esse espaço é para sermos felizes e não acusados, julgados ou prejudicados.
Gentileza gera gentileza!!!!
Retribuirei sempre o carinho!
Beijos e aproveitem!